Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Os Pilares do Novo Palmeiras

Após dois anos à deriva, finalmente o Palmeiras voltou a ter um comandante e que seja o grande líder que tanto esperamos.

A gestão Belluzzo, apesar de todas as tentativas visando modernizar o clube, não teve o êxito esperado devido à colcha de retalhos que foram os acordos políticos necessários para sustentar sua candidatura. Também por falta de pulso firme e comando do presidente, os cânceres que dominam o clube há décadas voltaram ao poder em 2011. A “gestão “ Tirone/Frizzo, sustentada por Mustafá e Della Mônica, morreu já no seu início, pois B1 e B2, encantados pelo poder, decidiram “comandar” sozinhos. Ambosmandaram bananas para seus sustentadores políticos e o resultado, como todos já sabem, foi a pior gestão da história do Palmeiras em um único mandato, só perdendo para Mustafá, pelo conjunto da obra. Paulo Nobre ganhou, sustentado pela base de Mustafá sim, mas esperamos que essa conta não venha ser cobrada de uma forma que atrapalhe o excelente Plano de Gestão que já começou a se…

10 Mandamentos para o Grande Líder do Palmeiras

No célebre dia 21/01/2013, um Grande Líder foi nomeado pelo povo de Palmeiras para libertar seu povo da terra dos Atrasadus. Na virada da meia noite do dia 22/01/2013, este grande líder, aclamado pelo seu povo, abriu o Mar Vermelho de Atrasus para que a esperança Palmeirense conseguisse escapar da escravidão da terra dos Atrasadus, que lutavam desesperadamente para que o povo de Palmeiras se mantivesse no século XX. Através da mentalidade retrógrada, medíocre e limitada que imperava naquele país, os senhores que comandavam a terra dos Atrasadus sugavam toda a força e vitalidade que o povo da nação Palmeiras possuía. O Grande Líder conseguiu juntar todo o povo de Palmeiras, prometendo levá-los à terra prometida das Vitórias e Conquistas , e que seu povo o seguisse pela travessia do grande Deserto da Reconstrução, que separava a terra dos Atrasadus para a terra prometida. Tudo estava planejado para aquela madrugada de 22/01/2013. Ao abrir o Mar Vermelho de Atrasus, muitos soldados da terra …

Palmeiras - O Clube com a torcida mais apaixonada do Brasil

Você Palmeirense, sócio titular com no mínimo 3 anos.
Você está convocado para fazer parte da história do Palmeiras.
No próximo sábado dia 19/01/2013 a partir das 10 horas da manhã até as 19 horas, todos os Palmeirenses que estão cansados, desanimados e que só lamentam pelas trapalhadas dos últimos gestores do clube, terão a grande chance de ratificar as eleições diretas para Presidente do Palmeiras, a partir de novembro de 2014.
Como não acredito em coincidências, no ano do nosso centenário, estaremos pela primeira vez votando para Presidente.
Portanto, precisamos que todos sócios habilitados para votar compareçam às urnas no próximo sábado.
Muito importante a questão do filtro, pois o que foi aprovado na reunião do Conselho define que somente os candidatos com mais de 20% de votos no conselho terão direito a ir para a Assembléia Geral dos sócios.
A proposta do Fanfulla era filtro zero ou no máximo 10%. O que irá para a votação é se o sócio aprova ou reprova o filtro de 20%. Recomendamos …

A Governança e o papel do Conselheiro

Estamos em momento efervecente da política Palmeirense, pois em 15 dias termos a eleição de um novo presidente para ocupar um cargo que parece vago desde janeiro de 2011 e, duas semanas depois, teremos a eleição que irá renovar 76 cadeiras do conselho de um total de 152.  Portanto, daqui a 30 dias uma nova configuração política estará formada dentro do Palmeiras.
Neste momento em que existem tantas críticas e visões distorcidas sobre o papel dos conselheiros, consultei o Jota Roberto, o grande historiador e ilustre conselheiro do Fanfulla, para levantar as principais atividades destes membros tão importantes para a atual política do clube.
Seguem abaixo as principais responsabilidades:
Fiscalizar, aprovar ou reprovas as contas da diretoria executiva;Votar para presidente, 4 vices, 15 membros do COF a cada 2 anos;Participar das 3 reuniões ordinárias que ocorrem em janeiro, maio e outubro e também das extraordinárias sempre que convocadas;Alterar o estatuto quando formalizadas as premissas…