Pular para o conteúdo principal

Missão 2/9 Cumprida




Conforme o post Pragmatismo Verde e Branco, a missão 2/ 9 foi cumprida.

Os jogadores cumpriram seu papel conforme o desejo dos torcedores.  O que demonstraram ontem foi o mínimo esperado pela torcida, ou seja, dedicação e intensidade em todo o tempo.
Queremos que todos joguem da forma como jogaram ontem e como contra o Sport.

A maior preocupação da torcida não é que o time seja tão ruim tecnicamente em comparação aos piores times da série A, mas sim que o potencial do time do Palmeiras não condiz com a classificação atual. O Palmeiras tem elenco suficiente para se classificar entre os 10 primeiros no mínimo, e sem sustos.

A saída de Felipão foi lamentada por milhões de torcedores, mas naquele momento algo teria que ser feito, e o próprio Scolari pediu para sair, como já está comprovado nas declarações de alguns jogadores.

Se o time mantiver essa pegada, entrega e intensidade, a confiança aumentará e as jogadas começarão a dar certo, bem como as bolas também começarão a não entrarão no nosso gol, como a bola na trave de ontem.

Como o time depende muito das assistências de Marcos Assunção e nesse momento no nosso meia mantém sua performance mediana. O time tem que explorar os pontos fortes e que estão sendo eficazes.

Portanto, bola para o Assunção!


Assim adicionamos essa estratégia como mais uma para se encaixar no pragmatismo necessário para atingir as 7 missões restantes.

Parabéns ao Gilson Kleina, que conseguiu juntamente com os jogadores que o time voltasse a jogar com a mesma entrega dos jogos finais da Copa do Brasil.

Nos próximos 3 jogos teremos mais 2 missões a serem cumpridas. Precisamos dos 6 pontos contra Ponte Preta e Coritiba em casa. Entre essas duas missões teremos um clássico contra o São Paulo no Morumbi. Para esse jogo especificamente, um empate não é nenhum milagre, e talvez uma vitória não seja surpreendente, por se tratar de um clássico e também se o Palmeiras vier embalado por duas vitórias.

O aproveitamento do primeiro time fora do Z4 até a R25, o Coritiba, é de 37%. Este aproveitamento deve ser a nota de corte para o primeiro fora do Z4. Portanto, se o Palmeiras empatar contra o São Paulo e cumprir suas duas próximas missões, o aproveitamento aumentará dos atuais 29% para 34%. Aumentando muito as chances de sair do Z4.

Na semana que o Palmeiras completou 70 anos de sua Arrancada Heróica, que os ventos e o mesmo espírito dos nossos heróis daquela data histórica sirvam como combustível necessário para que esses 13 jogos, contando com o de ontem, entrem para nossa história como mais uma arrancada que fique marcada na história, muito mais como lição para que os futuros dirigentes do Palmeiras aprendam como não gerir o Futebol de um dos maiores times de futebol do Planeta.

Parabéns aos jogadores e comissão técnica, os únicos que podem tirar o Palmeiras dessa situação, pois se dependermos dos atuais integrantes da Presidência e da Diretoria de Futebol, estaremos na série B, o mesmo nível de competência dos atuais responsáveis pela “gestão” do Futebol. Série B também fazem parte os cerca de 150 conselheiros que votaram nesses senhores há 19 meses atrás, e que continuam com o mesmo pensamento mesquinho que conduziu o Palmeiras à atual situação.

Estamos muito perto de aprovar as diretas e desde já convoco a nação Palmeirense para estar presente na reunião do conselho que será dia 1/10 para pressionar todo o conselho pela aprovação das Diretas para 2014. Essa vitória será muito mais importante do que a conquista da Copa do Brasil, pois será o início das mudanças estatutárias que começarão a colocar o Palmeiras, campeão do século XX, na rota da conquista do mesmo título no final desse século, para alegria e orgulho dos nossos fundadores e também dos nossos descendentes.





Comentários

  1. Boa Paciello!
    Continuo firme e otimista.
    Vamos pensar um jogo de cada vez.
    Vitoria contra a Ponte no próximo sábado!
    abs
    @luizmousinho

    ResponderExcluir
  2. Somos Palmeiras, somos gigantes Mousinho!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Os Alienistas

Tudo começou em 1995, na final da Supercopa São Paulo de Juniores. Após o gol de ouro que deu o título ao Palmeiras, os palmeirenses invadiram o gramado para comemorar e foram provocar os são paulinos, que, aproveitando a pouca presença de policiais, invadiram o gramado, transformando o campo de jogo na primeira batalha campal entre torcidas organizadas transmitidas ao vivo pela TV. 
As consequências foram a morte do garoto Márcio Gasparin, a condenação de Adalberto Benedito do Santos e, pela primeira vez, as organizadas Mancha Verde e Independente foram extintas pelo promotor público Fernando Capez, que comentou na época: “Era necessário um tratamento de choque.”
Como na belíssima obra O Alienista, de Machado de Assis, a partir dessa época começou a batalha dos Alienistas contra a festa popular nas arquibancadas do Brasil. Depois dessa medida, as bandeiras, instrumentos, faixas, papéis picados, rojões, fogos de artifício, sinalizadores foram proibidos, além de não poder vender cerveja.…

O Dono e os Chefs

Após sete mudanças de treinadores em apenas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro da Série A, vários colunistas estão criticando o que já é recorrente na gestão do clubes brasileiros, a troca de treinadores por maus resultados ou expectativas não alcançadas.
Para tentar ilustrar de uma forma mais lúdica as consequências deste comportamento inaceitável dos gestores esportivos, convido o leitor a ler a seguinte historia:
O Dono e os Chefs
Uma churrascaria acaba de trocar de dono no início de dezembro e, como o negócio não ia bem, o dono resolveu trocar de churrasqueiro, pois os clientes estavam reclamando da qualidade da comida, tanto que as vendas estavam baixas recentemente.
O novo mestre churrasqueiro, juntamente com o dono, estavam com várias ideias e decidiram aumentar a variedade de carnes no cardápio. No começo do ano a curiosidade dos clientes fez com que aumentassem as vendas mas,  após 3 meses, os clientes já perceberam que a qualidade e a expectativa com o novo churrasqueiro fi…

Os fatores que impactam na percepção de valor dos torcedores parte 2 : Precificação

Na semana passada iniciei uma série de posts referentes aos fatores que impactam na percepção de valor dos torcedores. O próximo fator que gostaria de compartilhar com vocês é a precificação dos ingressos.
Como ponto de partida dessa análise, vamos avaliar o comportamento do torcedor do São Paulo em alguns jogos no Morumbi:
23/03/2016 – Campeonato Paulista São Paulo 1 x 0 Botafogo de Ribeirão Preto Dia da semana: quarta feira Horário: 21:45h Público Pagante: 3.118 Renda Bruta: R$ 123.026 Ticket Médio: R$ 39,49
06/07/2016 – Copa Libertadores da América São Paulo 1 x 2 Atlético Nacional (semi final) Dia da semana: quarta feira Horário: 21:45h Público Pagante: 61.766 Renda Bruta: R$ 7.526.480 Ticket Médio: R$ 121,85
22/10/2016 – Campeonato Brasileiro São Paulo 2 x 0 Ponte Preta Dia da semana: sábado Horário: 17:00h Público Pagante: 49.673 Renda Bruta: R$ 600.541 Ticket Médio: R$ 12,09
12/02/2016 – Campeonato Paulista São Paulo 5 x 2 Ponte Preta Dia da semana: domingo Horário: 17:00h Público Pagante: 50.952 Renda Br…