Pular para o conteúdo principal

Os números do Campeonato Brasileiro - R 01 a R 11



Com o final da Copa do Mundo, voltamos para nossa realidade do Campeonato Brasileiro, e em todos os sentidos a ausência do Padrão FIFA está sendo percebida tanto dentro como fora de campo.

Os problemas do futebol brasileiro são muito maiores e profundos do que apenas trocar os nomes no comando da seleção brasileira, enquanto não se olhar o todo vamos continuar dependendo de ciclos de jogadores mais talentosos, fato esse que parece que a cada década está diminuindo.

Voltando os olhos para o Campeonato Brasileiro 2014 vamos aos números consolidados até a Rodada 11 que estou levantando desde a primeira rodada:

Melhor Ataque - Cruzeiro 25 GP .  Desde 2006  a média de gols marcados para o time ser campeão é de 62 gols 

Mais vitórias em casa - Internacional (5)

Mais vitórias fora de casa - Cruzeiro (4)

Melhor defesa - Grêmio 5 GC.  Desde 2006 a média de gols sofridos para o time ser campeão é de 35 gols

Menos derrotas - Corinthians (1)

Média de gols - 2,12 gols/partida ( a pior média dos últimos 20 anos e dos pontos corridos)

Tipologia dos Gols : 

47%  jogada construída - Fluminense com 12 gols e Internacional com 10 gols foram os que mais fizeram gols desta forma 

28%  bola parada - Cruzeiro com 8 gols foi quem mais fez gols desta forma

18% bola aérea - Atlético Paranaense com 8 gols foi quem mais fez gols desta foram

04% contra ataque - Botafogo com 2 gols foi quem mais fez gols desta forma

13%  dos jogos foram sem gols

24 % dos  jogos com apenas um gol

29% dos jogos com dois gols

18% dos jogos com três gols

9% dos jogos com quatro gols

7% dos  jogos com cinco ou mais gols

03% bola roubada no ataque - Atlético Paranaense com 2 gols foi quem mais fez gols desta forma

16% dos gols foram marcados até os 15 minutos do primeiro tempo -  Internacional em quatro jogos , Cruzeiro, Corinthians e São Paulo em 3 jogos foram as equipes que mais marcaram gols até os 15 minutos do primeiro tempo

Quem marcou o primeiro gol até os 15 minutos do primeiro tempo ganhou o jogo

16% dos gols foram marcados após os 35 minutos do segundo tempo - Fluminense, Atlético Paranaense, São Paulo e Vitória em 4 jogos cada foram as equipes que mais marcaram gols após os 35 minutos do segundo tempo.

Em 48% dos jogos em que o time marcou gol após os 35 minutos do segundo tempo o time venceu

Em 77% dos jogos em que o time marcou gol após os 35 minutos do segundo tempo o time não perdeu

Em apenas 08% dos jogos houve virada no placar. Atlético Mineiro e Cruzeiro viraram 02 jogos cada um.

Em 62% dos jogos quem marcou o primeiro gol ganhou o jogo

Em 79% dos jogos quem marcou o primeiro gol não perdeu o jogo


Agora vamos analisar a performance dos 4 primeiros colocados:

- Três melhores ataques ( CRU/ CAP / FLU) e a segunda melhor defesa (COR)

- Quatro melhores saldo de gols 

- os quatro primeiros colocados mais São Paulo, Internacional e Grêmio, que também estão com  os mesmos 19 pontos do Atlético Paranaense, são os destaques em todas as estatísticas

-  O Botafogo em gols de contra ataque e Vitória em gols após os 35 minutos do segundo tempo são as únicas exceções entre as principais performances

Os números do jogo mostram que não tem milagre em torneio de pontos corridos, se o clube não for destaque nas principais ações do jogo, é praticamente impossível atingir melhor classificação

Em termos de público e renda, seguem os destaques:

Total de Público Pagante - Corinthians (173 mil)

Total de Renda - Corinthians (R$ 10.6 milhões)

Melhor média de público pagante - Corinthians (28.8 mil/partida)

Melhor média de renda - Corinthians (R$ 1.8 milhões)

Maior taxa de ocupação - Corinthians (77%)

Melhor ticket médio - Corinthians (R$ 55,78)

* fonte: globoesporte.com

O Corinthians está conseguindo grande destaque na parte de público e renda, pois estão utilizando muito bem a atratividade da Nova Arena além de manter um time competitivo para atrair o torcedor. Esses dois fatores são muito importantes, mas precisamos avaliar se esses resultados serão sustentáveis a médio prazo.

No final do primeiro turno tem mais.

Se você tem interesse em saber a performance do seu time em todos os quesitos acima é só me contatar que lhe envio os dados.















Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Dono e os Chefs

Após sete mudanças de treinadores em apenas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro da Série A, vários colunistas estão criticando o que já é recorrente na gestão do clubes brasileiros, a troca de treinadores por maus resultados ou expectativas não alcançadas.
Para tentar ilustrar de uma forma mais lúdica as consequências deste comportamento inaceitável dos gestores esportivos, convido o leitor a ler a seguinte historia:
O Dono e os Chefs
Uma churrascaria acaba de trocar de dono no início de dezembro e, como o negócio não ia bem, o dono resolveu trocar de churrasqueiro, pois os clientes estavam reclamando da qualidade da comida, tanto que as vendas estavam baixas recentemente.
O novo mestre churrasqueiro, juntamente com o dono, estavam com várias ideias e decidiram aumentar a variedade de carnes no cardápio. No começo do ano a curiosidade dos clientes fez com que aumentassem as vendas mas,  após 3 meses, os clientes já perceberam que a qualidade e a expectativa com o novo churrasqueiro fi…

Os desafios dos Programas de Sócio Torcedor no Brasil

Durante a semana foi divulgado queda no programa sócio torcedor do Flamengo. De acordo com o blog do Rodrigo Mattos a  falta de jogos com torcida da Libertadores e o esvaziamento do Carioca são os principais pontos de abandono. O departamento de marketing identificou outros problemas: falta de um estádio, política de preços de ingressos para jogos jogos de menor apelo, o sistema de atendimento do torcedor e as vantagens oferecidas ao membro que se associa, além de reclamações com política de diretoria.
Desde o ano passado estamos notando uma estagnação deste tipo de programa na grande maioria dos times brasileiros. Participei de um projeto visando melhorias para um dos maiores programas do gênero em um time da cidade de São Paulo, onde fizemos grupos focais e pesquisas on line, mas muitas das sugestões não foram implementadas.
O que pude perceber na opinião dos torcedores que responderam a pesquisa foram sugestões de melhorias de atendimento, mais serviços, produtos e experiências, além…

O consumo per capita das maiores torcidas do Brasil

Na semana passada efetuei uma análise sobre a efetividade das atuais gestões em converter a base de torcedores em sócio torcedores e em compra de ingressos para os jogos de futebol. Aprofundando um pouco mais o estudo surgiu a curiosidade em calcular qual seria o consumo per capita dos torcedores das maiores torcidas do Brasil.
A base de torcedores utilizada foi a pesquisa de 2016 do Instituto Paraná Pesquisas, pois é a mais recente do mercado. Como base do consumo de cada torcida foram utilizados os dados compilados pelo Rodrigo Capelo do blog Época Esporte Clube, onde foi considerado como consumo dos torcedores as receitas com bilheteria, sócios torcedores e sócios patrimoniais. No caso do Corinthians, apesar do balanço não considerar receitas com bilheteria, na análise foi considerado R$ 48 milhões líquidos com essa fonte de receita, de acordo com o balanço do fundo do estádio.
Na tabela abaixo podemos observar ranking de consumo per capita considerando como base o total de torcedore…