Pular para o conteúdo principal

A Copa da Primeira Vez



Mesmo com uma semana após a grande final, ainda temos tempo para falar da Copa que recém encerrada no dia 13/7. Não foi a Copa das Copas, mas com certeza essa Copa vai ser marcada como:

- A Copa da Emoção : com vários jogos decididos até o último minuto, muito equilíbrio entre as equipes, incerteza do resultado final e vários empates de 0 x 0 emocionantes.

- A Copa dos Goleiros : várias atuações magistrais dos goleiros durante a copa como Howard dos Estados Unidos, Navas da Costa Rica, Ochoa do México, M`Bolhi da Argélia, Enyema da Nigéria, Neuer da Alemanha.

- A Derrota das Derrotas : a seleção brasileira sofreu a maior derrota da sua história centenária. Para os desavisados que acreditavam nas ladainhas e ufanismos da TV oficial da CBF imaginavam que o hexa estava garantido, mas ficaram atônitos, como a cara da brasileira estampada no telão após o terceiro gol da avalanche alemã.

No final das contas, considero que esta Copa vai ficar para a história como a Copa da Primeira Vez pelos seguintes fatos:

- Mondragon, goleiro da Colômbia, é agora o primeiro jogador a jogar uma Copa do Mundo aos 43 anos de idade

- Mirolslav Klose, atacante da Alemanha, é agora o primeiro jogador a fazer 16 gols em Copas do Mundo

- Alemanha 7 x 1 Brasil foi o maior placar em todas as semi finais da história

- Pela primeira vez uma seleção, Brasil, sofreu 5 gols no primeiro tempo e até os 30 minutos

- Pela primeira vez uma seleção, Brasil, sofreu 14 gols em um mundial

- A primeira vez que uma semi final é decidida nos pênaltis

- A primeira vez que um jogador reserva fez o gol que decidiu o título mundial, Mario Gotze da Alemanha

- Pela primeira vez três Copas seguidas foram vencidas por países do mesmo continente

- Pela primeira vez um país europeu venceu uma Copa nas Américas

Depois de 1982, considero que a Copa do Mundo de 2014 foi a melhor que eu vi, resgatando as mesmas emoções que eu sentia há 32 anos, vibrando a cada jogo como um garoto de 13 anos.



Além de tudo isso, foi a primeira vez que eu assisti a um jogo de Copa do Mundo no estádio. Após quase um ano tentando comprar ingresso no site da FIFA sem sucesso, tive o prazer de assistir a semi final entre Argentina e Holanda em São Paulo.

Inesquecível esse momento que só quem é apaixonado por futebol sabe quanto é  emocionante esse momento.

Que venham as próximas Copas, essa grande festa do futebol onde heróis se transforam em vilões, o fraco supera o forte, o coadjuvante se transforma em protagonista e quem ganha sempre com isso é o futebol.

Essa Copa foi uma grande celebração desse jogo mágico que me encanta cada vez mais e vai ficar marcada para sempre.

" Futebol não é uma questão de vida ou morte, eu posso assegurar que futebol é muito, muito mais importante"
Bill Shankly - Ex Manager do Liverpool


Comentários

  1. Bom, Marcelo! Tem de falar por muito tempo... essa história de que já passou uma semana é coisa desses tempos frenéticos e tecnológicos! O tempo deve e pode ser apreciado... devagar, gostosamente, sentindo as emoções como você sentiu! Bom, Marcelo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Dono e os Chefs

Após sete mudanças de treinadores em apenas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro da Série A, vários colunistas estão criticando o que já é recorrente na gestão do clubes brasileiros, a troca de treinadores por maus resultados ou expectativas não alcançadas.
Para tentar ilustrar de uma forma mais lúdica as consequências deste comportamento inaceitável dos gestores esportivos, convido o leitor a ler a seguinte historia:
O Dono e os Chefs
Uma churrascaria acaba de trocar de dono no início de dezembro e, como o negócio não ia bem, o dono resolveu trocar de churrasqueiro, pois os clientes estavam reclamando da qualidade da comida, tanto que as vendas estavam baixas recentemente.
O novo mestre churrasqueiro, juntamente com o dono, estavam com várias ideias e decidiram aumentar a variedade de carnes no cardápio. No começo do ano a curiosidade dos clientes fez com que aumentassem as vendas mas,  após 3 meses, os clientes já perceberam que a qualidade e a expectativa com o novo churrasqueiro fi…

Os desafios dos Programas de Sócio Torcedor no Brasil

Durante a semana foi divulgado queda no programa sócio torcedor do Flamengo. De acordo com o blog do Rodrigo Mattos a  falta de jogos com torcida da Libertadores e o esvaziamento do Carioca são os principais pontos de abandono. O departamento de marketing identificou outros problemas: falta de um estádio, política de preços de ingressos para jogos jogos de menor apelo, o sistema de atendimento do torcedor e as vantagens oferecidas ao membro que se associa, além de reclamações com política de diretoria.
Desde o ano passado estamos notando uma estagnação deste tipo de programa na grande maioria dos times brasileiros. Participei de um projeto visando melhorias para um dos maiores programas do gênero em um time da cidade de São Paulo, onde fizemos grupos focais e pesquisas on line, mas muitas das sugestões não foram implementadas.
O que pude perceber na opinião dos torcedores que responderam a pesquisa foram sugestões de melhorias de atendimento, mais serviços, produtos e experiências, além…

O consumo per capita das maiores torcidas do Brasil

Na semana passada efetuei uma análise sobre a efetividade das atuais gestões em converter a base de torcedores em sócio torcedores e em compra de ingressos para os jogos de futebol. Aprofundando um pouco mais o estudo surgiu a curiosidade em calcular qual seria o consumo per capita dos torcedores das maiores torcidas do Brasil.
A base de torcedores utilizada foi a pesquisa de 2016 do Instituto Paraná Pesquisas, pois é a mais recente do mercado. Como base do consumo de cada torcida foram utilizados os dados compilados pelo Rodrigo Capelo do blog Época Esporte Clube, onde foi considerado como consumo dos torcedores as receitas com bilheteria, sócios torcedores e sócios patrimoniais. No caso do Corinthians, apesar do balanço não considerar receitas com bilheteria, na análise foi considerado R$ 48 milhões líquidos com essa fonte de receita, de acordo com o balanço do fundo do estádio.
Na tabela abaixo podemos observar ranking de consumo per capita considerando como base o total de torcedore…