Pular para o conteúdo principal

Alexandre e Outros Heróis




Na última quarta feira 18/12 a TV Globo colocou na sua grade de programação o especial " Alexandre e Outros Heróis", baseado na obra de Graciliano Ramos.

O livro é uma coleção de histórias inverossímeis que Alexandre, um homem cheio de conversa, meio vaqueiro e meio caçador e que tinha um olho torto, contava para o cantador Libório, o cego Firmino, que sempre levantava dúvidas sobre as histórias, o curandeiro Gaudêncio e Das Dores, sua afilhada.

Todas as histórias de Alexandre eram sempre apoiadas e confirmadas por sua fiel esposa Cesária. Com suas histórias, Alexandre distraia o povo pobre do sertão de Alagoas e mantinha seu poder sobre os demais.

Depois do trágico desfecho da temporada 2013 do futebol brasileiro, culminando com a selvageria de Joinville, o tapetão voltando a decidir o destino do campeonato e o patético Mineiro e seu vexame em Marrakesh, muitas dúvidas e questionamentos explodiram nas mídias sociais e contaminaram qualquer um que é apaixonado pelo futebol.

Alexandre e Cesária

Os atuais dirigentes do futebol brasileiro , os treinadores , jogadores e jornalistas  que compactuam com o status quo atual, em conjunto com a TV Globo, são uma reprodução ampliada do casal Alexandre e Cesária. Como querem se manter no poder, contam histórias distorcidas e falsas para  os Gaudêncios , Libórios e Das Dores do Brasil se entreterem apenas por diversão, sem questionar a qualidade e o conteúdo do que é produzido dentro e fora dos campos do Brasil.

Para eles a cultura do pão e circo deve ser perpetuada, pois desta forma o povo não protesta, não se revolta, não deixa de consumir  um produto futebol de baixíssima qualidade que atualmente é  produzido no Brasil. A situação atual me faz lembrar os anos 80 e início do 90, quando os serviços e produtos que um país fechado, como era o Brasil da época,  produzia para seu povo consumir sem opção de concorrência e qualidade.

Gaudêncio, Libório e Firmino

A única personagem que questionava Alexandre era Firmino, mas por ser cego e a única voz dissonante, era sufocado pelas demais personagens.Se todos os apaixonados pelo futebol nos unirmos em uma legião de Firminos, sairíamos para as ruas e mídias sociais com as seguintes mensagens:

"Queremos o final da politicagem dentro dos clubes, federações e confederações."

"Queremos a verdadeira profissionalização das estruturas dos clubes e federações."

"Queremos a criação das ligas que pensem os torneios como grandes ferramentas de marketing e fontes de renda."

"Queremos redução do número de jogos desnecessários e sem interesse."

"Queremos o fim do monopólio de dois times na TV aberta."

"Queremos fair play financeiro."

"Exigimos a punição dos marginais que ainda frequentam estádios."

"Exigimos horários de jogos decentes."

"Exigimos a transformação de eventos esportivos em grande show de entretimento para todas as classes sociais."

"Exigimos o tratamento do torcedor como consumidor e não como gado."

"Exigimos um futebol de melhor qualidade"

Que possamos cada vez mais questionar e protestar contra os atuais poderosos do futebol brasileiro, com atitudes concretas e conscientes que reflitam em mudanças estruturais dentro e fora de campo, evitando os vexames que anualmente vemos o futebol brasileiro cometer dentro e fora do campo e que aos poucos vai matando um produto de altíssimo valor cultural e emocional do povo brasileiro.


Firmino








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os desafios dos Programas de Sócio Torcedor no Brasil

Durante a semana foi divulgado queda no programa sócio torcedor do Flamengo. De acordo com o blog do Rodrigo Mattos a  falta de jogos com torcida da Libertadores e o esvaziamento do Carioca são os principais pontos de abandono. O departamento de marketing identificou outros problemas: falta de um estádio, política de preços de ingressos para jogos jogos de menor apelo, o sistema de atendimento do torcedor e as vantagens oferecidas ao membro que se associa, além de reclamações com política de diretoria.
Desde o ano passado estamos notando uma estagnação deste tipo de programa na grande maioria dos times brasileiros. Participei de um projeto visando melhorias para um dos maiores programas do gênero em um time da cidade de São Paulo, onde fizemos grupos focais e pesquisas on line, mas muitas das sugestões não foram implementadas.
O que pude perceber na opinião dos torcedores que responderam a pesquisa foram sugestões de melhorias de atendimento, mais serviços, produtos e experiências, além…

Pizzaria Paulista

A rede Pizzaria Paulista, criada em 1902, vem a público divulgar o balanço das suas 16 franquias espalhadas no estado de São Paulo no período de 17 de janeiro a 11 de março de 2018.
Em 2018 tivemos as 3 tradicionais franquias da capital, juntamente com uma das mais famosas unidades, que fica no litoral. Além dessas 4 tradicionais franquias,  constam no balanço unidades de cidades com bom nível de renda per capta e com populações elevadas, sendo duas unidades na Grande São Paulo, mais duas unidades na cidade de Campinas, além de uma unidade em Ribeirão Preto, Araraquara, Sorocaba entre outras ricas cidades do interior paulista.
Em 2018, mesmo com a rede presente nas principais regiões do estado, tivemos uma redução de 9% na presença de clientes. Foram 70 mil pessoas a menos do que no ano passado, primeiro ano após a redução no número de franquias.
Além dessa redução, perdemos R$ 700 mil reais em faturamento bruto, 2% menor do que 2017. Por outro lado o ticket médio subiu 7% , R$ 2,60 a ma…

Hoje é dia de Derby

Derby, uma palavra inglesa que acompanhada dos grandes rivais Palmeiras e Corinthians, cria vida própria. As emoções que remetem a este grande clássico do futebol mundial transcendem as quatro linhas, os 90 minutos, o estádio e, em vários casos, se transformam em lendas, epopeias, grandes batalhas. Vilões se transformam em ídolos e vice versa, menos que por efêmeros momentos. Jogos como estes são capazes, como na vida real e não por acaso, de mudar o rumo dos times nos campeonatos, inverter completamente o estado de espírito, de autoconfiança reinante em cada um dos lados. São raros os confrontos que possuem esse poder mágico de mexer com toda uma cidade, uma nação e que, por 90 minutos, se transformam na coisa mais importante da vida. Muitos podem estar perguntando qual a origem desse termo dentro do futebol. Segue abaixo uma versão resumida que encontrei na internet:
A origem vem da palavra "derby" – ou dérbi, segundo o aportuguesamento da palavra original inglesa, proposto p…