Pular para o conteúdo principal

A Bundesliga e os sem Liga


Depois do show dos alemães nas duas semi finais da Champions League, muitos foram atrás dos motivos que levaram Borussia Dortmund e Bayer de Munique para a grande final.

Também fui pesquisar algumas informações, somente para constatar o óbvio. 

A conclusão é simples, sem planejamento não se vai a lugar nenhum. Esse cenário somado à soberba dos cartolas acionaram uma bomba relógio que tem data e local para explodir.

A bomba irá explodir em Junho de 2014, para estarrecimento dos alienados torcedores , mas que a cartolagem e essa imprensa que  somente se preocupa com a audiência,  lutam para manter debaixo do tapete.

Será a hora de mostrar em cadeia mundial a derrocada do futebol brasileiro.

Para mim a Copa do Mundo de 2014 já era, a não ser que os métodos que levaram a Coréia do Sul até a semi final da Copa de 2002 entrem em campo.

Ao invés de se preocuparem com o todo, mais uma vez o foco é sair bem na fita, típico de um país de segunda classe, que procura se sobressair perante ás grandes potencias mundiais em segmentos adjacentes e sem relevância em níveis sociais e econômicos.

Depois de mais um final de semana com jogos fracos, estádios semi vazios, encenações, brigas desnecessárias, fica claro que o pensamento do ganhar a qualquer preço impera na sociedade e no futebol brasileiro.

Quando o "país do futebol"  vai transformar em realidade toda sua potencialidade para ser a quarta melhor liga de futebol do mundo?

Para que servem os Estaduais?

Por quê, depois de 3 meses com jogos sonolentos, os principais times têm que enfrentar uma maratona de jogos decisivos?

Como o Rio de Janeiro pode ficar sem jogos por dois finais de semana consecutivos bem no meio da temporada?

Por quê os times pequenos praticamente encerram a temporada em maio?

Por quê os times brasileiros não conseguem jogar em bom nível por mais de uma temporada?

Até quando iremos aguentar a empáfia de Parreira e o atraso dos " professores " ?

Por quê o futebol não se transforma de verdade em um grande negócio, ao invés de permanecer somente na negociata?

Por que a Major League Soccer já tem maior média de público que o " país do futebol" ?

Por que cartolas que são modernistas até a página 2, ao serem questionados sobre o modelo americano de organização e planejamento no futebol, apelam para o famoso " quantas copas eles ganharam" ?

Por que os jogadores são tão submissos ao sistema vigente?



Leiam os links abaixo e tirem suas conclusões.

tic, tac, tic, tac , tic ,tac............


http://desportivomarketing.wordpress.com/2013/04/25/a-bundesliga-e-sua-gestao-mais-algumas-criticas-ao-futebol-brasileiro/

http://www.goal.com/br/news/619/especiais/2012/04/24/3058402/o-segredo-do-renascimento-do-borussia-dortmund

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Dono e os Chefs

Após sete mudanças de treinadores em apenas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro da Série A, vários colunistas estão criticando o que já é recorrente na gestão do clubes brasileiros, a troca de treinadores por maus resultados ou expectativas não alcançadas.
Para tentar ilustrar de uma forma mais lúdica as consequências deste comportamento inaceitável dos gestores esportivos, convido o leitor a ler a seguinte historia:
O Dono e os Chefs
Uma churrascaria acaba de trocar de dono no início de dezembro e, como o negócio não ia bem, o dono resolveu trocar de churrasqueiro, pois os clientes estavam reclamando da qualidade da comida, tanto que as vendas estavam baixas recentemente.
O novo mestre churrasqueiro, juntamente com o dono, estavam com várias ideias e decidiram aumentar a variedade de carnes no cardápio. No começo do ano a curiosidade dos clientes fez com que aumentassem as vendas mas,  após 3 meses, os clientes já perceberam que a qualidade e a expectativa com o novo churrasqueiro fi…

Os fatores que impactam na percepção de valor dos torcedores parte 2 : Precificação

Na semana passada iniciei uma série de posts referentes aos fatores que impactam na percepção de valor dos torcedores. O próximo fator que gostaria de compartilhar com vocês é a precificação dos ingressos.
Como ponto de partida dessa análise, vamos avaliar o comportamento do torcedor do São Paulo em alguns jogos no Morumbi:
23/03/2016 – Campeonato Paulista São Paulo 1 x 0 Botafogo de Ribeirão Preto Dia da semana: quarta feira Horário: 21:45h Público Pagante: 3.118 Renda Bruta: R$ 123.026 Ticket Médio: R$ 39,49
06/07/2016 – Copa Libertadores da América São Paulo 1 x 2 Atlético Nacional (semi final) Dia da semana: quarta feira Horário: 21:45h Público Pagante: 61.766 Renda Bruta: R$ 7.526.480 Ticket Médio: R$ 121,85
22/10/2016 – Campeonato Brasileiro São Paulo 2 x 0 Ponte Preta Dia da semana: sábado Horário: 17:00h Público Pagante: 49.673 Renda Bruta: R$ 600.541 Ticket Médio: R$ 12,09
12/02/2016 – Campeonato Paulista São Paulo 5 x 2 Ponte Preta Dia da semana: domingo Horário: 17:00h Público Pagante: 50.952 Renda Br…

Os Alienistas

Tudo começou em 1995, na final da Supercopa São Paulo de Juniores. Após o gol de ouro que deu o título ao Palmeiras, os palmeirenses invadiram o gramado para comemorar e foram provocar os são paulinos, que, aproveitando a pouca presença de policiais, invadiram o gramado, transformando o campo de jogo na primeira batalha campal entre torcidas organizadas transmitidas ao vivo pela TV. 
As consequências foram a morte do garoto Márcio Gasparin, a condenação de Adalberto Benedito do Santos e, pela primeira vez, as organizadas Mancha Verde e Independente foram extintas pelo promotor público Fernando Capez, que comentou na época: “Era necessário um tratamento de choque.”
Como na belíssima obra O Alienista, de Machado de Assis, a partir dessa época começou a batalha dos Alienistas contra a festa popular nas arquibancadas do Brasil. Depois dessa medida, as bandeiras, instrumentos, faixas, papéis picados, rojões, fogos de artifício, sinalizadores foram proibidos, além de não poder vender cerveja.…