Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

Estatística e Scout

Recentemente e com atraso, os termos estatística e scouting começaram a ser mencionados no meio futebolístico brasileiro. Para os leigos no assunto esses dois termos surgem como palavras que nem constavam no vocabulário do futebol, mas em grande parte dos clubes de futebol no Brasil, a ignorância referente a esses dois termos também impera. Felizmente esse cenário começa a mudar, mas ainda no mesmo ritmo da construção das novas arenas que estão surgindo no futebol brasileiro.
Para facilitar a apresentação dos dois termos, muitas vezes recorremos ao livro Moneyball, que depois se transformou em filme. O livro é um grande exemplo de como, baseado em estatísticas, sibermetrics e scouting e também com um grande tempero de ousadia, é possível revolucionar a forma de analisar as performances e efetuar contratações no beisebol. Hoje todas as franquias do beisebol americano utilizam dessas metodologias, graças a Billy Beane e aos dirigentes Oakland Athletics.

Para iniciar essa discussão com os t…

Pause and Play

11/04/2015
Depois de dois anos daquele mágico dia, não tenho dúvidas em dizer que foi um dos dias mais importantes na minha vida e da vida do Palmeiras. Como no meu livro que lancei em 2013 sobre os 20 anos da fila, mais uma vez o Palmeiras e eu tivemos nossos destinos cruzados. Esse dia foi marcado primeiramente por eu ter deixado claro para minha liderança que o meu futuro na empresa estava selado, que a partir daquele momento, foi como que oficialmente eu tivesse declarado ao mundo que uma nova história da minha vida estava sendo construída. Sem nenhum arrependimento, mágoa ou frustração, as palavras que saíram da minha boca naquele almoço pareciam que tinham vida própria, como que eu somente estivesse apertando o play da história da minha vida, saindo do pause que parecia que nunca mais teria fim. Após aquele movimento, formalmente eu estava começando minha nova história, deixando para trás alguns volumes que serviram até aquele momento, mas que, a partir de 2012, percebi como era um p…

Sonhos de uma noite de Verdão

Sonhar acordado, momentos de devaneio, alegria, prazer e diversão com plena consciência e estado de presença.
Foram esses os sentimentos dos quase 20 mil Palmeirenses que foram ao Pacaembu na última terça feira ao ver o Palmeiras domar seus males internos e também o Tigre, da Argentina.
O enredo previsto era de no mínimo de dúvida, quase uma certeza que o insucesso se concretizaria, mas como na obra de William Shakespeare, quando os artistas adentraram ao gramado verde do Pacaembu, sátiros, ninfas, fadas e outros seres encantados, regidos por Oberon, Rei dos Duendes, junto com Puck, armaram  mais um plano ardiloso envolvendo uma poção mágica, fazendo com que Marcelo Oliveira se transformasse em Luis Pereira, Charles em Dudú, Vinícius em Zinho, Caio Mancha em Vavá, Gilson Kleina em Vanderlei Luxemburgo.
Bastou essa poção mágica entrar em ação, somado a alma Palmeirenses que pulsava visceralmente das arquibancadas, para transformar as demais “Camisas Verdes”, frase do nosso querido Jota, …