Pular para o conteúdo principal

Palmeiras 3 x 1 Figueirense : Quebrou o lacre



Ufa!!
Foi assim que eu e todos os mais de 15 milhões de Palmeirenses do mundo  reagiram após o terceiro gol feito pelo Maikon Leite.
Já estava mais do que na hora de conseguirmos nossa primeira vitória no Brasileirão. Primeira vitória que nos escorregou pelas mãos no primeiro jogo do campeonato contra a Portuguesa , contra o Vasco da Gama na quinta rodada e também deixamos escapar por uma mistura de azar e incompetência contra o Sport e por soberba no jogo da semana passada contra os reservas dos gambás.
Por mais que o discurso oficial dos jogadores e do treinador de que a situação era preocupante mas totalmente reversível, ontem eles demonstraram o mesmo sentimento de alívio da torcida após o final do jogo.
Se o Palmeiras atualmente não tem um elenco grande e de qualidade suficiente para fazer parte do G4 do campeonato brasileiro, também não tem um elenco tão fraco para ter somente 11% de aproveitamento até a sexta rodada.
Foi exatamente isso que o resultado de ontem demonstrou. Se não dá para escalar um time 100% com reservas, no mínimo um time misto é suficiente para jogar contra equipes de nível inferior ao atual time do Palmeiras.
Na minha opinião considero que no atual Brasileirão temos cerca de 10 times nessa condição e poderíamos ter jogado com o mesmo tipo de proposta praticamente todos os jogos até agora e ouso dizer que o Palmeiras poderia ter um aproveitamento superior ao atual.
Dessa forma poderíamos ter um elenco com mais motivação e auto confiança para jogar de igual para igual, pelo menos em nível de motivação e aplicação, contra todos os adversários até a sétima rodada e também ter mais jogadores prontos para disputar os jogos finais da Copa do Brasil.
Os três pontos de ontem significam muito mais do que a primeira vitória, significam uma moral para todos os jogadores do elenco, para dar moral para a final dessa semana, para manter a mesma proposta para o jogo do próximo domingo contra a Ponte Preta e colocar o Palmeiras em uma posição um pouco mais confortável na tabela.
Sobre o jogo em si, gostei muito da atuação segura dos reservas Deola, Román e Fernandinho mas também, mais uma vez, tivemos fraca atuação dos considerados reservas Cicinho, Márcio Araújo, Daniel Carvalho e Felipe.  Maikon Leite merece um destaque à parte, como foi comentado na lista do Fanfulla de hoje, mesmo como titular ele foi um jogador de segundo tempo. Não tem definição melhor para sua atuação.
Valeu pela dedicação, pela postura de time vencedor, com vontade de ganhar. Dava para sentir isso na atitude dos jogadores no jogo de ontem durante todo o segundo tempo, quando o time encurralou o adversário no seu campo de defesa até conseguir o segundo gol.
Agora teremos pela frente os 10 dias mais importantes  dos últimos 10 anos da história recente do Palmeiras. Serão 10 dias de muita torcida, muita vibração positiva, de esquecermos das mazelas do atual comando do Palmeiras e do seu arcaico modo de fazer política dentro do clube, que o Fanfulla combate e sempre irá combater até que consigamos alterar o status quo da política Palmeirense.
Relembrando nosso grito na saída do Palestra Itália a cada vitória durante o Paulistão de 1993:
“Tá chegando a hora de gritar é campeão!”
Forza Palestra! 





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os desafios dos Programas de Sócio Torcedor no Brasil

Durante a semana foi divulgado queda no programa sócio torcedor do Flamengo. De acordo com o blog do Rodrigo Mattos a  falta de jogos com torcida da Libertadores e o esvaziamento do Carioca são os principais pontos de abandono. O departamento de marketing identificou outros problemas: falta de um estádio, política de preços de ingressos para jogos jogos de menor apelo, o sistema de atendimento do torcedor e as vantagens oferecidas ao membro que se associa, além de reclamações com política de diretoria.
Desde o ano passado estamos notando uma estagnação deste tipo de programa na grande maioria dos times brasileiros. Participei de um projeto visando melhorias para um dos maiores programas do gênero em um time da cidade de São Paulo, onde fizemos grupos focais e pesquisas on line, mas muitas das sugestões não foram implementadas.
O que pude perceber na opinião dos torcedores que responderam a pesquisa foram sugestões de melhorias de atendimento, mais serviços, produtos e experiências, além…

Pizzaria Paulista

A rede Pizzaria Paulista, criada em 1902, vem a público divulgar o balanço das suas 16 franquias espalhadas no estado de São Paulo no período de 17 de janeiro a 11 de março de 2018.
Em 2018 tivemos as 3 tradicionais franquias da capital, juntamente com uma das mais famosas unidades, que fica no litoral. Além dessas 4 tradicionais franquias,  constam no balanço unidades de cidades com bom nível de renda per capta e com populações elevadas, sendo duas unidades na Grande São Paulo, mais duas unidades na cidade de Campinas, além de uma unidade em Ribeirão Preto, Araraquara, Sorocaba entre outras ricas cidades do interior paulista.
Em 2018, mesmo com a rede presente nas principais regiões do estado, tivemos uma redução de 9% na presença de clientes. Foram 70 mil pessoas a menos do que no ano passado, primeiro ano após a redução no número de franquias.
Além dessa redução, perdemos R$ 700 mil reais em faturamento bruto, 2% menor do que 2017. Por outro lado o ticket médio subiu 7% , R$ 2,60 a ma…

Hoje é dia de Derby

Derby, uma palavra inglesa que acompanhada dos grandes rivais Palmeiras e Corinthians, cria vida própria. As emoções que remetem a este grande clássico do futebol mundial transcendem as quatro linhas, os 90 minutos, o estádio e, em vários casos, se transformam em lendas, epopeias, grandes batalhas. Vilões se transformam em ídolos e vice versa, menos que por efêmeros momentos. Jogos como estes são capazes, como na vida real e não por acaso, de mudar o rumo dos times nos campeonatos, inverter completamente o estado de espírito, de autoconfiança reinante em cada um dos lados. São raros os confrontos que possuem esse poder mágico de mexer com toda uma cidade, uma nação e que, por 90 minutos, se transformam na coisa mais importante da vida. Muitos podem estar perguntando qual a origem desse termo dentro do futebol. Segue abaixo uma versão resumida que encontrei na internet:
A origem vem da palavra "derby" – ou dérbi, segundo o aportuguesamento da palavra original inglesa, proposto p…