Pular para o conteúdo principal

Palmeiras : Ser ou não ser


“ Ser ou não ser, eis a questão: será mais nobre
Em nosso espírito sofrer pedras e setas
Com que a Fortuna, enfurecida, nos alveja,
Ou insurgir-nos contra um mar de provações
E em luta pôr-lhes fim? Morrer.. dormir: não mais.”
Hamlet – William Shakespeare


Palmeirenses de todas as partes do universo, a hora é agora.
No momento estamos, sim, sofrendo com pedras e setas vindas de todos os lados e são nessas horas que toda a nação alviverde vai buscar a força e energia necessária para saborear a experiência da nobreza divina de SER PALMEIRAS.
Não é hora de morrer, dormir, se omitir, se envergonhar, se apequenar, mas sim de mostrar que estamos vivos, despertos, ativos, orgulhosos para mostrar ao mundo que o Palmeiras sempre será PALMEIRAS.
Amanhã é dia de sair pra rua demonstrando o orgulho que só quem é o Campeão do Século pode exibir.
Amanhã é dia de todos os adversários sentirem nas suas entranhas que o PALMEIRAS nunca deixará de ser temido, respeitado, reverenciado, admirado.
Quando falo de PALMEIRAS, não nos espelhemos em quem está “comandando” o clube neste momento. Quando falo em Comando, falo de Presidente, Vices, Diretores, Conselheiros, Parceiros, Jogadores, Treinadores, Torcedores que escreveram, escrevem e escreverão sua história com sangue verde e branco e deixarão seu legado para a posteridade.
O PALMEIRAS que eu amo e sempre amarei, pulsa, reverbera por todo o universo, é muito maior do que um jogo, um campeonato, um jogador, treinador ou presidente.
SER PALMEIRAS é um estado de espírito, de amor, de paixão, de sofrimento, de tristeza, de angústia.
Palmeirense, Morrer... Dormir não mais.
Domingo vai ser o dia para mostrar ao mundo que nunca devemos nos considerar mortos de espírito e de alma.
Domingo iremos mostrar ao mundo que amamos este clube em qualquer situação e que independente do resultado, nossa grandeza deve ser sempre exaltada para o mundo.
Domingo é o dia do Palmeiras SER PALMEIRAS com todas as letras maiúsculas.


" Explicar a emoção de SER PALMEIRENSE a um Palmeirense é totalmente
desnecessário.
E a quem não é Palmeirense é simplesmente impossível!!! "

Joelmir Betting


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Os Alienistas

Tudo começou em 1995, na final da Supercopa São Paulo de Juniores. Após o gol de ouro que deu o título ao Palmeiras, os palmeirenses invadiram o gramado para comemorar e foram provocar os são paulinos, que, aproveitando a pouca presença de policiais, invadiram o gramado, transformando o campo de jogo na primeira batalha campal entre torcidas organizadas transmitidas ao vivo pela TV. 
As consequências foram a morte do garoto Márcio Gasparin, a condenação de Adalberto Benedito do Santos e, pela primeira vez, as organizadas Mancha Verde e Independente foram extintas pelo promotor público Fernando Capez, que comentou na época: “Era necessário um tratamento de choque.”
Como na belíssima obra O Alienista, de Machado de Assis, a partir dessa época começou a batalha dos Alienistas contra a festa popular nas arquibancadas do Brasil. Depois dessa medida, as bandeiras, instrumentos, faixas, papéis picados, rojões, fogos de artifício, sinalizadores foram proibidos, além de não poder vender cerveja.…

O Dono e os Chefs

Após sete mudanças de treinadores em apenas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro da Série A, vários colunistas estão criticando o que já é recorrente na gestão do clubes brasileiros, a troca de treinadores por maus resultados ou expectativas não alcançadas.
Para tentar ilustrar de uma forma mais lúdica as consequências deste comportamento inaceitável dos gestores esportivos, convido o leitor a ler a seguinte historia:
O Dono e os Chefs
Uma churrascaria acaba de trocar de dono no início de dezembro e, como o negócio não ia bem, o dono resolveu trocar de churrasqueiro, pois os clientes estavam reclamando da qualidade da comida, tanto que as vendas estavam baixas recentemente.
O novo mestre churrasqueiro, juntamente com o dono, estavam com várias ideias e decidiram aumentar a variedade de carnes no cardápio. No começo do ano a curiosidade dos clientes fez com que aumentassem as vendas mas,  após 3 meses, os clientes já perceberam que a qualidade e a expectativa com o novo churrasqueiro fi…

Os fatores que impactam na percepção de valor dos torcedores parte 2 : Precificação

Na semana passada iniciei uma série de posts referentes aos fatores que impactam na percepção de valor dos torcedores. O próximo fator que gostaria de compartilhar com vocês é a precificação dos ingressos.
Como ponto de partida dessa análise, vamos avaliar o comportamento do torcedor do São Paulo em alguns jogos no Morumbi:
23/03/2016 – Campeonato Paulista São Paulo 1 x 0 Botafogo de Ribeirão Preto Dia da semana: quarta feira Horário: 21:45h Público Pagante: 3.118 Renda Bruta: R$ 123.026 Ticket Médio: R$ 39,49
06/07/2016 – Copa Libertadores da América São Paulo 1 x 2 Atlético Nacional (semi final) Dia da semana: quarta feira Horário: 21:45h Público Pagante: 61.766 Renda Bruta: R$ 7.526.480 Ticket Médio: R$ 121,85
22/10/2016 – Campeonato Brasileiro São Paulo 2 x 0 Ponte Preta Dia da semana: sábado Horário: 17:00h Público Pagante: 49.673 Renda Bruta: R$ 600.541 Ticket Médio: R$ 12,09
12/02/2016 – Campeonato Paulista São Paulo 5 x 2 Ponte Preta Dia da semana: domingo Horário: 17:00h Público Pagante: 50.952 Renda Br…