Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

Hoje é dia de Derby

Derby, uma palavra inglesa que acompanhada dos grandes rivais Palmeiras e Corinthians, cria vida própria. As emoções que remetem a este grande clássico do futebol mundial transcendem as quatro linhas, os 90 minutos, o estádio e, em vários casos, se transformam em lendas, epopeias, grandes batalhas. Vilões se transformam em ídolos e vice versa, menos que por efêmeros momentos. Jogos como estes são capazes, como na vida real e não por acaso, de mudar o rumo dos times nos campeonatos, inverter completamente o estado de espírito, de autoconfiança reinante em cada um dos lados. São raros os confrontos que possuem esse poder mágico de mexer com toda uma cidade, uma nação e que, por 90 minutos, se transformam na coisa mais importante da vida. Muitos podem estar perguntando qual a origem desse termo dentro do futebol. Segue abaixo uma versão resumida que encontrei na internet:
A origem vem da palavra "derby" – ou dérbi, segundo o aportuguesamento da palavra original inglesa, proposto p…

Chá de Cadeira - Chá de Sofá

O que parecia um milagre aconteceu nesta semana, depois de duas décadas tomando Chá de Cadeira, como Juca Kfouri sempre entoava quase como um mantra, finalmente caiu Ricardo Teixeira. Na história da humanidade sempre houve esta dinâmica universal da lei da gravidade do subir e descer, que só não existe no espaço sideral. Os grandes impérios da história, que com suas virtudes os levaram à ascensão, também os levaram à decadência através dos seus defeitos. Depois de mais de quatro décadas de vida, quando olhamos a vida com uma perspectiva mais ampla, como dizia Raulzito, podemos perceber que tudo tem um começo, um fim e um meio. Muito provavelmente o tempo que o meio irá permanecer entre o começo e o fim vai depender dos valores que norteiam as pessoas, organizações, governos, impérios em busca dos seus objetivos. A queda de Ricardo Teixeira se consumou nessa semana, mas se iniciou há alguns anos, quando, o próprio, cegamente projetou conquistar o mundo, mas esqueceu que outros ventos pode…

Guerra e Paz

Hoje tive o imenso prazer de degustar os dois imensos painéis de Cândido Portinari, Guerra e Paz, que estão expostos no Memorial da América Latina. Pela primeira vez tive contato mais aprofundado com um artista brasileiro e, também pela primeira vez, tive uma reflexão interna sobre o porquê do meu preconceito que ainda tenho sobre a arte brasileira. Talvez a principal razão seja minha ignorância sobre a história da arte brasileira. A não ser o que aparece de uma forma mais popular através dos meios de comunicação, nunca tive um contato tão próximo que pudesse despertar maior interesse e reconhecimento. Hoje eu vi o Brasil da primeira metade do século XX literalmente passando na minha frente através do espaço multimídia com todo o acervo de Portinari digitalizado. Desta vez não precisava ler a legenda para entender o título do quadro. Eu sentia os quadros como algo mais real, mais palpável. A trilha sonora de Norberto Macedo dava ainda mais brilho e sutileza na apreciação dos quadros, t…

Let There Be Rock

Este post não tinha como ter outro título devido à grande sensação de alegria e prazer que eu tive após rever, depois de 29 anos, o antológico documentário / show do AC/DC em Paris no ano de 1979 que tem o mesmo título. Esse documentário se passa durante a grande turnê de lançamento de um dos álbuns mais célebres da banda, Highway to Hell, de 1979. Angus Young e o lendário Bon Scott estão no auge e o mundo do rock and roll estava reverenciando a chegada de uma das divindades do rock and roll ao sagrado altar da eternidade musical, ao lado daTrindade Suprema: Deep Purple, Led Zeppellin e Black Sabbath.

O DVD é, de uma certa forma, bem tosco se compararmos à realidade atual de produção e recursos tecnológicos mas, a mensagem principal está lá, a banda tocando ao vivo, com toda a energia que se pode obter de 5 caras que estão 200% inteiros fazendo o que sabem e o que gostam, entrando em conexão completa coma plateia, e também com quem assiste pela primeira vez esta maravilha. Angus está e…