Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Se o Rock in Rio fosse o Brasileirão

Durante a semana li duas opiniões muito pertinentes sobre os ensinamentos do Rock in Rio para o esporte brasileiro e as lições de Bruce Springsteen para os empreendedores.

Agora, e se fosse ao contrário?

Você imaginaria como seria o Rock in Rio se fosse "gerido" no mesmo modelo que atualmente o futebol brasileiro e, principalmente, o Campeonato Brasileiro são administrados?

Mesmo com todo o investimento em um local com padrões similares aos demais festivais que ocorrem no mundo apenas 22% dos ingressos seriam vendidos para todo o festival e 38% para os principais dias do festival.

Como as bandas pensariam cada uma para si, o grupo que negociaria todos os quesitos mercadológicos em nome das bandas seria extinto, e a emissora que adquiriria os direitos de transmitir o festival negociaria diretamente com as bandas, pagando um alto valor para uma banda de pagode e uma dupla sertaneja, pois são as bandas que mais dariam audiência para a emissora.

Imaginem o Rock In Rio com uma b…

Preto e Branco ou Colorido?

Era quase meia noite do último sábado dia 14/09 quando dei uma olhada no twitter e fui agraciado com os vídeos postados pelo grande Jota Roberto.

Muitos vídeos eram do maravilhoso Canal 100, que sempre fez excelentes produções sobre jogos de futebol, onde era possível mostrar outras facetas dos gramados do futebol brasileiro.

Enquanto assistia as imagens maravilhosas que compartilharei logo abaixo, imediatamente veio um insight para escrever este post.

Depois de mais um jogo onde o Palmeiras perdeu dois pontos, muito mais por falta de qualidade, competência e apetite do que grande resistência dos adversários da Série B, um forte questionamento despertou minha curiosidade :

Gestão com espírito vencedor e competência atraem e retêm jogadores e treinadores vencedores?

ou

Jogadores e treinadores vencedores são capazes de transformar uma gestão?

Na minha opinião a primeira opção é a mais provável, pois as gestões competentes trabalham com planejamento, visão de curto, médio e longo prazo…